textos

Do que eu tenho medo?

19:36


Dando continuação a série de posts auto-reflexivos, que eu comecei com esse texto aqui, falando sobre as coisas que eu gostaria de dizer para alguém com quem eu não tenho mais amizade, resolvi escrever mais um texto aqui no blog.
Eu confesso que eu estou com bastante receio de publicar esse post, porque ele vai ser bem pessoal, e apesar de não parecer, eu não gosto de expor muito sobre eu mesma aqui (eu já falei isso mil vezes, eu sei).

Eu acho que o maior medo racional da grande maioria das pessoas é a morte. Eu honestamente tenho mais medo da morte de pessoas - e "não pessoas" (tipo minha gata, óbvio) - que são super queridas e importantes pra mim, do que de morrer em si; Então eu vou parar de enrolar e dizer logo que o meu maior medo é o fracasso.


Eu sei que a ideia de fracasso é meio relativa, algumas pessoas se sentem deprimidas por não ter uma vida assim como a de outras pessoas consideradas bem sucedidas, e por isso se sentem fracassadas algumas vezes. Comigo é um pouco diferente...

Eu acho que sou uma pessoa que sempre teve que lidar com muitos obstáculos na vida, eu nunca fui uma criança prodígio e sempre tive bastante dificuldade pra me dar bem na minha vida acadêmica; Eu tive sorte de andar com os nerds basicamente a minha vida inteira, e eu sou uma pessoa que sim, gosta de aprender e frequentar aulas interessantes, mas não significa que eu sempre tive facilidade para aprender coisas e principalmente para realizar exames.

Então acho que uma das primeiras vezes que eu tive que lidar com o fracasso na minha vida foi quando eu prestei uma prova para fazer um curso técnico na escola onde eu estudava e eu não passei. Todos os meus colegas de classe passaram, e uma dessas pessoas "queridissimas" ainda fez questão de tirar uma com a minha cara, dizendo: "Você escreve tão bem, pena que não passou no curso técnico" - Justamente porque eu sempre acabava me saindo bem nas disciplinas que envolviam redação de textos, porém sempre me dei muito mal na hora de fazer provas hahah.


Eu acho que o sentimento que vem aliado ao fracasso é a vergonha. Na época eu senti muita vergonha de eu mesma por não ter alcançado o mesmo que as outras pessoas. Hoje em dia eu penso que às vezes é até melhor que as coisas não tenham acontecido da forma como eu queria, porque a minha vida dá umas reviravoltas tão loucas que eu nem sei...

Quando eu terminei o colégio, resolvi fazer uma faculdade em uma área com a qual eu me identificava, e apesar de ter sido tudo de bom, eu não consegui um emprego na área de jeito nenhum. Mais uma vez o fracasso. Hoje eu entendo que pra você trabalhar na área de moda, você precisa ter muitas indicações, e eu até hoje não sou uma pessoa de cultivar muitas amizades, quiçá contatos profissionais.

Às vezes eu tento fingir que aquilo não foi um fracasso, porque apesar de tudo, eu não me deixei derrubar por muito tempo e tentei mudar de área rapidamente, algo que eu achei que tivesse dado certo, afinal até o início deste ano eu ainda tinha um emprego na área da qual eu me formei por último hahaha.


Quando eu pedi as contas da empresa, eu achei que iria conseguir resolver as coisas rápido, afinal o meu currículo não é nenhuma porcaria, e eu já tinha uma experiência profissional sólida, porém o que eu encontrei na realidade foi um tapa na cara. Mais uma vez o fracasso?

Em cada entrevista de emprego que eu vou (ou ia até algumas semanas atrás, porque parece que desistiram de me chamar hahahah), eu volto me sentindo cada vez mais incapaz; Me pego todos os dias em um dilema sobre tentar ou não mudar de área outra vez, ou apenas tentar desesperadamente arrumar um emprego qualquer, pra ter pelo menos dinheiro pra poder comprar meus lanches.

Alguém me dá um emprego com redação de textos, plmdds 😢
Até o próximo post!

Séries

Strong Woman Do Bong-Soon

18:31


Depois de demorar muito (mais muito mesmo) tempo para finalizar White Nights - ô dorama chatinho, viu -, resolvi emendar mais um dorama sem nem pensar; Eu que já estava na empolgação por Strong Woman Do Bong-Soon ter finalmente entrado no catálogo da Netflix, passei este na frente de todos os outros dramas que eu tinha planos para assistir.

Strong Woman Bong-Soon é um dorama sul-coreano de comédia romântica, exibido pela JTBC e possui 16 episódios com duração média de uma 1 hora/cada. Conta a história de Do Bong-Soon, uma garota que possui super força (uma herança de família passada entre as gerações de meninas - apenas meninas), e seu sonho de trabalhar em uma grande empresa de games.


Logo no início do drama, somos apresentados à Min-hyuk, o CEO da empresa de games da qual Bong-Soon é fã; Min-hyuk é um jovem solitário, que possui uma relação conturbada com a própria família, e possui um tipo de obsessão por Bong-Soon desde o momento em que ela salvou sua vida, quando ele era adolescente.

Bong-Soon por sua vez, é apaixonada por jogos e possui um desejo muito grande de criar um game onde a personagem principal seria ela mesma. Os dois se conhecem quando Bong-Soon enfrenta uma gangue de mafiosos e Minhyuk acaba sendo testemunha do acontecido. Ele se envolve na situação para defender a identidade secreta da garota.
Logo ali ele tem a ideia de contrata-la como guarda costas, já que ele está sofrendo ameaças constantes contra sua vida e sua empresa. Ele tenta se aproximar de Bong-Soon, mas ela não dá muita bola pra ele, uma vez que ela é apaixonada por seu amigo de infância, o policial Guk-Doo.


Strong Woman Do Bong-Soon é o tipo de dorama em que acontecem muitas coisas em um episódio só, então você se prende a ele muito rápido. Além de ser super engraçado e fofinho, pois a própria Bong-Soon é uma personagem muito fofa e o Min-hyuk...Nem se fala; Ele é muito doidinho e possui um carisma enorme.

Como se não bastasse ser um ótimo dorama de comédia romântica, a estória principal do drama gira em torno de um maníaco que está sequestrando várias mulheres do bairro onde Bong-Soon mora. Bong-Soon tenta equilibrar o seu dever como guarda-costas, com a obrigação que ela sente em encontrar e prender o maníaco sequestrador.

Eu tenho preguiça de assistir dorama fora da Netflix...😗
Até o próximo post!

eventos

B.I.G no Brasil

00:00


Eu prometi pra mim mesma que não iria escrever sobre o show que aconteceu no último dia 16/09/2017, porque eu simplesmente acho bem chato escrever sobre shows (apesar de ser uma prática comum aqui no blog antigamente), mas agora que finalmente saíram as fotos em alta qualidade dos eventos, eu vou ter que fazer isso por motivos que serão explicados ao longo da postagem. 😁

Primeiramente, eu quero pedir desculpas ao Stellar e ao KARD, porém o show do B.I.G foi o melhor show de Kpop que eu fui este ano (chorani ainda por não ter ido na WINGS Tour, mas ok).

Assim como eu já disse neste post, o B.I.G nunca foi um grupo do qual eu fui fã desde o início; Eu acabei me apegando a eles só por conta dos últimos singles lançados, e nunca dei muita importância para o B.I.G, até o momento em que eu oficialmente resolvi me redimir com o grupo.

Então, apesar de eu não ser lá uma Beginning (o fandom do B.I.G), eu fui para esse show com expectativas medianas e um ingresso para o HiHug comprado de impulso.

Confesso que no dia anterior eu cheguei até a fazer chacota com os visuais do grupo, por conta de um cabelo mal arrumado e outra foto mal tirada, porém no momento em que eu tive contato com as outras fãs na fila do show, eu sabia que aquele seria um bom show.
Eu quase morri quando saiu essa foto? Sim ou claro?
Como foi o HiHug (na minha visão)?

Os meninos do B.I.G foram colocados atrás de uma grade/corrimão, onde os fãs só encostariam basicamente do quadril pra cima no idol, e isso eu achei meio chato, além do fato de que um evento que seria HiHug (high five + abraço), contou apenas com um abraço com duração de milissegundos.
Eles estavam posicionados em uma fila que seguia a seguinte sequência: MinPyo, GunMin, J-Hoon, Heedo e Benji. Ao contrário do fan event que aconteceu no dia anterior, neste eles estavam vestidos todos de vermelho (com um figurino parecido com o MV de Hello Hello).
Eu fiquei com pena deles, porque nesse dia estava um calor infernal, e as roupas que eles estavam usando eram bem pesadas...Eles deviam estar sentindo bastante calor.


Logo quando chegou a minha vez que abraçá-los, eu não consegui segurar um sorriso de orelha a orelha quando eu olhei pra cara do MinPyo; Cheguei já querendo mandar um cumprimento em inglês, porém o meu "Hiiiiiiii" foi rebatido com um "Annyeong~"; Fiquei de cara e tive que responder em coreano 😂

Quando eu parti pro GunMin, me enrosquei na roupa do MinPyo e abracei o GunMin com um braço enfiado dentro do casaco do MinPyo 😂😂😂 (Eu sou a rainha das trapalhadas nos fan events, sério*);
Olha a aura brilhante desse menino e fala se ele não é um anjo?
Passando para o J-Hoon, foi o momento em que eu tive a visão divina e pensei: "É Deus, mamãe" - Além do J-Hoon estar parecendo um vampiro lindo com aquela pele extremamente alva e os cabelos platinados, depois do abraço ele ainda segurou as minhas mãos (o único que fez isso!) por alguns segundos, e olhando bem nos meus olhos disse: "Te amo" - Se eu não tivesse petrificado neste momento, eu teria caído dura no chão, mas eu só consegui responder mecanicamente a mesma coisa: "Te amo".

Heedo não é realmente o membro mais simpático (não me xingue, eu não sou a única que pensa isso), e mesmo pelas fotos do HiHug dá pra ver que ele tava abraçando todo mundo meio com cara de 😀, então foi meio pombo, mas eu relevei.


Agora a season finale foi quando chegou a vez de cumprimentar o Benji: Aquele menino estava parecendo um lobinho vindo direto de alguma saga adolescente, com seu cabelo rosa neon e lentes azul Barbie (sabe o olho da Barbie? 😂), mas ele encarnou uma criança fofa de 4 anos, e com todo o seu aegyo gritou: "Nhaaaawwww~" e praticamente se jogou em cima de mim, para um super abraço de urso. 🐻 Eu estou impactada com esse momento até hoje, e olha que faz quase um mês que o show aconteceu. Eu saí daquele abraço dando um gritinho histérico, que eu não entendo até hoje como aconteceu.

*No Hi-Touch do BTS, eu fiquei agarrando a mão do V, os dois confusos, porque eu não sabia se era só pra bater e sair fora, ou se eu ia ter direito de cumprimentar ele western style; E no Hi-Touch do KARD eu simplesmente dei um chute no pé da mesa quando eu estava terminando de cumprimentar o BM e indo cumprimentar a Somin 😂


O show

O B.I.G realmente não decepciona. A grande maioria das performances foi cantada ao vivo. Eles são muito fofos e animados, e o show teve muitos momentos engraçados e divertidos, como quando eles dançaram a sua própria coreografia de Bonde do Tigrão, com direito até a sarrada no ar do Benji 😂. Eles apresentaram todos os seus sucessos, e no final do show, eles fizeram um pot-pourii com vários sucessos do Kpop, incluindo BIGBANG, Block B, G-Dragon (as lágrimas vieram aos meus olhos quando eles cantaram Crooked, aliás), Twice, entre vários outros.

Adendos finais


Eu e minha amiga ficamos SEDENTAS demais pelo GunMin durante o show HAHAHAHAHAHA; Além de eu sair de lá com muita confusão mental sobre quem é meu bias, porque quando eu entrei pro HiHug, meu bias era o GunMin, depois do HiHug e show, virou o J-Hoon (gente do céu, esse homem é muito adorável e amável 💔), e depois que saíram as fotos do HiHug, eu estou panfletando demais o Benji 😂.

A conclusão que eu tirei sobre ter ido ao show do B.I.G é que eles me surpreenderam muito. Eu só recebi esse nível de carinho quando eu fui nos fan events do BTS, e eu saí do Tropical Butantã extremamente apaixonada pelo grupo. Eu acho muito legal quando a gente vai ver um artista não esperando muito e acaba se surpreendendo positivamente no final. 💓

Beijos da mais nova stan do B.I.G
Até o próximo post! 💜

Música

MIXNINE

18:54


Ou: Você tá de brincadeira com a minha cara mesmo, né Coreia?

Em possivelmente uma tentativa de afrontar o lançamento do programa The Unit, a YG Entertainment, juntamente com a JTBC, irão lançar um programa de reality survival de idols, onde dentre 400 (sim, 400!!) idols, serão escolhidos 9 homens e 9 mulheres, estes que irão se digladiar em busca de uma segunda chance de debutarem.

Tanto rookies quanto idols com muitos anos de carreira irão participar deste programa, entre eles: Dreamcatcher (que irá fazer um show no Brasil esse ano ainda), 24K, Stellar, KNK, entre outros.

Eu já acho que nesse ponto nem adianta mais pistolar por conta disso; Como disse o comentário mais votado no Asian Junkie, "daqui há 20 anos, toda a população da Coreia do Sul irá se submeter à realities survival, se tornando o novo serviço militar obrigatório" 😂😂😂


Quero dar um destaque especial para dois dos participantes: Heo Chanmi (que era do Co-Ed School, e já participou de todos os realities survival possíveis e imagináveis, como Produce 101 e até Unpretty Rapstar); E também Woo Taewoon (mais conhecido como o irmão do Zico 😂), que também era membro do Co-Ed School, e já participou do Show Me The Money pelo menos umas duas vezes (ou seriam três?).

Aproveitando que citei Co-Ed School, nada mais justo do que deixar aqui o melhor vídeo de Kpop de todos os tempos.

De nada,
Até o próximo post! 😂