Instrumentos Mortais - Três primeiros livros

11:36


Capas dos três primeiros livros da Saga Instrumentos Mortais - dispostos em ordem cronológica de leitura >.<
Tudo começa quando uma amiga sua no trabalho, há 4 anos atrás, te empresta um livro em Português  from Portugal e diz: "É demais, você vai gostar!"

Bem, fiquem em paz porque não vai rolar spoiler nem informação secreta para os marinheiros de primeira viagem, quando se trata de Cassandra Clare, e também não vou soltar informação sobre os outros livros da saga (não só porque foram os que eu sobrevivi lendo, como também porque acho que deveria ter parado por aqueles, mas isso é papo pra outro post, relax about it!).
Quando se fala na Saga Instrumentos Mortais, você já lembra daqueles livros que na primeira edição eram cheios de brilho e depois, infelizmente, não mais – falta de grana da editora é o chute de todos nos bastidores, mas nada concreto sobre isso - .
Não menos polêmico, cheio de referências bíblicas envolvendo fortemente o conceito: "solo sagrado, coisas poderosas". Durante a narrativa, você se depara com vários momentos querendo ser parte daquele mundo...A autora apresenta uma escrita envolvente que passa por altos e baixos ao longo de cada livro, tendo momentos que te fazem querer sair correndo e outros que você quer arrancar os cabelos (ou arrancar o cabelo da Clary, personagem principal, como eu quero até agora!).
Quando eu comecei a ler o primeiro livro, em meados de 2010, eu gostei - apesar da edição ser portuguesa e ter palavras estranhas ao meu comum, como RAPARIGA e GAJO, que depois de um tempo de leitura me acostumei e a leitura fluiu - , mas não corri atrás de mais informações, e com o passar do tempo meio que deixei de lado e não vi nada mais... Até que as parcas me enviaram à trabalhar em uma livraria, e aí a coisa mudou de figura totalmente.
Por dia, atendo várias e várias pessoas, nem dá para contar (e eu ouço de tudo naquele lugar gente, vocês não fazem ideia!), então fãs da saga vivem passando e com o tempo me deram a energia pra voltar à esse mundo. Coloquei a meta e disse: "Vamos da uma chance pra essa coisa toda e ver que bicho dá, até porque o Jace merece."
E lá fui eu, li o primeiro de novo – Clary, você me irrita – , passei pela prova e li o segundo, com o fígado virando água de tanta coisa acontecendo e emoção - Clary, ainda não te amo ok? – . Comecei o terceiro à todo vapor!... Até que a Clary me superou e fiz uma pausa - sim! Não fluiiiaaaaaa! Não caminhava para nada! - . Dei um tempo, terminei uns dois livros de policial e outros tantos de romance, e parti de novo para o mundo dos Caçadores de Sombras... E valeu à pena! É demais o final do terceiro livro!
Foi em uma reflexão posterior que então eu me perguntei: "porque não parou por ai?!"
Bom, mais aí você se pergunta: "Devo ou não ler essa saga?"
Digo duas coisas:
SIIIIM – Se você gosta de sagas e tem paciência, achará demais a mistura de aventura e ação com romance e suspense.

ou
JAMAAIS  - Se você não tem saco para isso, e acha que livros contados por meninas de baixa estima e muito divididas são insuportáveis.
Pequenas Observações:.
*Existem mais outros 3 livros na saga. Aconselho que leia primeiro os 3 de Peças Infernais, que segundo a maioria dos fãs que atendi indicam. Só que no terceiro livro tem spoiler da outra Saga... Sim, isso é complicado.
*Existe o primeiro livro em filme e, ao que constam, estão trabalhando na filmagem dos próximos!!! =]

You Might Also Like

1 comentários

  1. Ainda não li nada da saga, mas quem sabe... já me recomendaram muitas vezes, mas sempre fico na dúvida, e sim eu tenho paciência para ler a maioria dos livros, então acho que é provável que eu leia essa saga um dia...

    Beijos, Maah.

    http://bloggrascunhosfemininos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir