Pfft.

01:00


Primeiramente, eu não desejo que as pessoas levem muito à sério esse texto, porque eu acho ridículo ficar embelezando a tristeza e a melancolia. Não tem nada de errado a gente ficar triste de vez em quando, mas eu desejo que você, você aí que vai ler isso, eu desejo que você fique feliz na sua vida pela maior parte de tempo que conseguir.

Então resumindo, a maioria dos meus dias, acho que são bons. Mas existem alguns dias que não são. Eu não sei na verdade da onde vem o que eu sinto e porquê isso acontece comigo. Eu sei que eu não era assim, e não quero continuar assim.
 
Não venha tentar me dar conselhos pra mudar, porque eu já faço algum esforço pra mudar meu humor, e sentir que existem outras pessoas me obrigando a ficar "bem", só piora a situação.


Conversando com outras pessoas sobre como eu me sinto só me faz concluir que a minha geração tá na merda mesmo. Ninguém é inteiramente feliz. Todo mundo queria dar uma reviravolta na vida, simplesmente porque estamos cansados dos nossos empregos que não nos fazem felizes, cansados de não enxergarmos boas perspectivas para nossos próprios futuros. Sabe o que é isso? Isso é uma droga.


Nesses dias que eu to fazendo a maldita, pequenas coisas no meu cotidiano me afetam de forma bem mais latente, como por exemplo, aquela atendente que anota alguma coisa errada, porque estava mais ocupada conversando com a amiga sobre assuntos pessoais, ao invés de prestar atenção ao serviço que está fazendo. Ou aquele motorista fdp que não esperou 10 segundos pra você se despedir do seu namorado antes de ele embarcar, e foi embora, obrigando vocês a esperarem mais 20 minutos até passar o próximo.
E essas coisas me afetam tanto emocionalmente, que eu tenho vontade de chorar de raiva. Aliás, eu faço isso.


Eu não estou de TPM, se é o que você está pensando. Eu estou cansada. Cansada e confusa.
Cansada da rotina, cansada da minha cidade, cansada principalmente das pessoas, com suas opiniões mal pensadas e com suas mesmices.

Eu quero gente curiosa, gente diferente e gente com desejo de viver, na minha vida. Quero ver lugares novos, sentir o cheiro de novos lugares, ver a natureza e viver novas experiências. Quero evoluir, aprender, me renovar. Quero fugir. Quero deixar tudo pra trás, sem pensar no passado, e começar uma vida nova.

Quero aprender mandarim, me mudar pro Timor-Leste e ir fazer trabalho voluntário num retiro de elefantes na Tailândia.

Eu quero me sentir viva.

You Might Also Like

0 comentários