Traga De Volta Uma Banda Do Passado

16:47

"Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots. Para conferir outros posts sobre o mesmo tema (ou até outros temas muito bacanas), por favor, se inscreva no grupo, clicando aqui."

Depois de um momento de rage, em que eu tinha escrito essa postagem inteira e perdi tudo, cá estou eu (e ainda puta da vida por ter acontecido uma coisa dessas).

O tema de uma das blogagens coletivas do Rotaroots do mês de fevereiro era trazer uma banda do passado que nós gostávamos muito. Eu tive muitas ideias: falar sobre o Linkin Park (que não faz álbum bom desde o Meteora) ou sobre o Panic! At The Disco (que hoje é só a banda do Brendon Urie), mas isso iria gerar muitas polêmicas e fanwars aqui no blog (heheheh). Então, eu decidi dar uma pequena incrementada no tema do post, e ao invés de falar de uma única banda que eu gostaria de trazer do passado, resolvi falar sobre um gênero musical. Esse gênero musical é o grunge.

Dando uma passeada pela tag "grunge" no We♥It de apenas alguns minutos, eu consigo ficar irritada com a nova geração, que não sabe nada sobre as origens do estilo, e colocam até foto de ~certos artistas que eu não vou comentar aqui~ na tag. É claro que eu também não sou nenhuma maioral no assunto, uma vez que quando o grunge estava em seu auge, eu era apenas um projeto de bebê.

A moda resolveu reviver vários elementos do grunge, como roupas e acessórios (colares choker, camisas xadrez, cabelos desgrenhados), então porquê não revivermos o som "podrinho" do grunge (que eu amo tanto)?

"Grunge (às vezes chamado de Seattle Sound ou Som de Seattle) é um subgênero do rock alternativo que surgiu no final da década de 1980 no estado americano de Washington, principalmente em Seattle, inspirado pelo hardcore punk, pelo heavy metal e pelo indie rock. As letras das bandas nomeadas grunge geralmente caracterizam-se por altas doses de angústia e sarcasmo, entrando em temas como alienação social, apatia, confinamento e desejo de liberdade. A estética grunge é despojada em comparação a outras formas de rock, e muitos músicos grunge se destacaram por sua aparência desleixada e por rejeitarem a teatralidade em suas performances." Wiki

 
Gostaram do post? Conhecem bandas com sons similares para indicar? Quer mais dicas de bandas grunge? Deixe um comentário aqui embaixo!

You Might Also Like

13 comentários

  1. Oláaaaaa ♥
    Eu adorei a ideia, não conhecia o grupo.
    Panic! At The Disco é amor, traria de volta com certeza kjdff. Pearl Jam <333333
    Eu traria Legião e Queen pqné.
    www.dai-sies.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fico tão revoltada de lembrar que o Panic! tinha um som super inovador e único, e se renderam ao pop e às briguinhas como Ryan Ross pq ele queria ser um Beatle (¬¬).

      Beijos!

      Excluir
  2. Grunge não é só camisa de flanela, Kurt Cobain e palidez.
    É muito mais que isso, é um estilo de vida.
    Já quis ser grunge, mas não deu certo.
    Amo amo esse estilo de música.
    Beijos <3 <3

    vintageiz.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamenchi! hauahauhaha

      Beijos!

      Excluir
  3. Amo esse série de posts, li a maioria. <3
    Nunca tinha ouvido falar, mas achei bem indie/tendência etc HEUEHE
    Da raiva desses roqueirinhos de apartamento -n nuuus, que hipocrisia minha sos
    bom, tô sem som no pc mas tentei chegar o mais perto que consegui das músicas pelas traduções, sinto muito..

    Um trecho de Plush me lembrou a Taylor, me julgue, EUEHUEH
    And I feel so much depends on the weather
    So, is it raining in your bedroom?

    me lembrou:
    Oh, and it rains in your bedroom
    Everything is wrong
    It rains when you're here
    And it rains when you're gone

    até que fez meio sentido, né? HUEHUE
    Soundgarden - Black Hole Sun parece bem metal, bem emo gótico adorei, sem falar que "black hole sun" é um nome muito bom.
    Pearl Jam - Jeremy - pensei que jeremy era o nome da música concluímos logo que eu sou um animal.
    Achei essa o equilibrio entre as outras.

    At home
    Drawing pictures
    Of mountain tops
    With him on top
    Lemon yellow sun
    Arms raised in a v
    And the dead lay in pools of maroon below

    que lindo, mano...


    plea-sure

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que a minha música favorita dentre essas que eu coloquei no post com certeza é Black Hole Sun, que fala sobre estarmos cansados de uma sociedade com ideais errados e desejarmos que o sol engula a todos nós (é bem assim como eu me sinto hahahaha)

      O Pearl Jam foi bem criticado com o single Jeremy, pois fizeram sucesso em cima de uma história trágica (se você der uma pesquisada, vai entender).

      E Plush e coloquei porque bem...É uma ótima música! hahahahah

      Beijos!

      Excluir
  4. Só digo: Nirvana e Silverchair. Você até trouxe o Chris Cornell antes do pop òó"" Soundgarden <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me cocei pra pôr Temple Of The Dog, que aí sim você ia ver um Chris Cornell do fundo das catacumbas! hahahahahahaha

      Excluir
  5. Cara eu nem conheço essa bandam, e nem o estilo grunge '-' Não me chame de desinformada msaushasha.
    Kissus da Isa
    By || Doce bunny ||

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo que você não conheça, pois é um estilo que estava em alta quando provavelmente você não era nem ideia de virar um bebê (heheheh), mas vale a pena escutar!

      Excluir
  6. Olá!

    Não sou fã desse estilo, mas curti a postagem. O Rotaroots tem ótimas sugestões.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. O grunge é um estilo musical que realmente me encanta. Cada dia mais.
    Não era nascida na época do auge, mas comecei a nutrir apreço por várias bandas graças a minha mãe (brigada, mãe!). Sinceramente, não consigo passar um dia sem escutar bandas como Alice In Chains, Hole, Pearl Jam, Stone Temple Pilots, Babes In Toyland, Temple Of The Dog, Mudhoney ou TAD. Ah, e esse aspecto que você citou sobre o We ♥ It também me deixa muito descontente. Boa parte da galera de lá acha que para ser grunge só precisa usar uma camisa xadrez e pronto! Ainda vão ter que comer muito arroz com feijão para entender o movimento!
    E essas músicas que você colocou no post... Ain, são um amor <3
    Só lembrei de quando tinha mais ou menos uns treze anos, quando comecei a conhecer o grunge.
    AMEI o post! Está de parabéns!
    http://diveinthis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir