The Get Down: You'll be missed.

17:50


The Get Down, é uma série americana exclusiva da Netflix, criada por Baz Luhrmann (esse moço maravilhoso fez dois dos meus filmes favoritos: O Grande Gatsby e Moulin Rouge 💓💓💓💓) e Stephen Adly Giurgis, ambientada na Nova Iorque (mais especificamente no Bronx) do ano de 1977, e é principalmente focada na música e nos movimentos musicais populares da época (como a Disco), e no nascimento da cultura Hip Hop.


A série contou com 11 episódios de aproximadamente uma hora, divididos em duas partes, e tinham dois personagens principais: Ezekiel Figuero (interpretado por Justice Smith) - um jovem órfão, com talento extremo para escrita e poesia, querendo dar uma reviravolta em sua própria vida e conquistar a garota dos seus sonhos -; E Mylene Cruz (interpretada por Herizen F. Guardiola) - uma jovem de família religiosa, com uma voz fora do comum e um desejo enorme de liberdade -. 


Logo no início da série, dá-se a entender que ambos conseguiram ser bem sucedidos no ramo da música (Zeke tornando-se um rapper de sucesso, e Mylene uma grande cantora disco), porém a série repassa os acontecimentos que resultaram nesse sucesso, e principalmente em como era a vida das pessoas que moravam no Bronx da década de 70.

A primeira parte da temporada fala sobre a criação e ascensão do grupo The Get Down Brothers, formado por Zeke, Ra-Ra, Dizzee, Boo-Boo e Shaolin Fantastic nas pick-ups. Basicamente falando, o "Get Down" é uma parte específica de uma música, em que a batida pode ser repetida diversas vezes, e sobre a qual os rappers podem usar como base.
Também fala sobre os conflitos familiares que Mylene enfrenta por conta de seu sonho de tornar-se uma cantora disco (seu pai é dono de uma congregação, e coloca a religião acima de qualquer desejo da família). Mylene não pode ser uma cantora disco porque iria contra sua família, então ela vive em conflito constante; Conflito este que é estendido para Zeke, uma vez que ela é contra a música que os The Get Down Brothers fazem.


Já na segunda parte da primeira temporada, disponibilizada apenas este ano, Zeke tem de decidir se segue a carreira que Mylene e sua família querem para ele (ingressando em uma universidade e tentando se encaixar num mundo de brancos, que o enxergam apenas como uma minoria), ou se abandona tudo e faz aquilo que sempre quis: viver da música, junto com os The Get Down Brothers.


Uma postagem só é muito pouco para explicar sobre todos os temas que The Get Down aborda, porque é uma série muito completa e rica em cultura. Aborda vários dos problemas que a comunidade do Bronx daquela época enfrentava (como drogas, pobreza, péssimas condições de vida, gangues, marginalização, etc.), e em como as pessoas lidavam com aquela realidade.

Eu gostaria aqui de deixar um kudos para Jaden Smith, que apesar de o planeta inteiro ainda achar que ele é um péssimo ator, interpreta Dizzee, um grafiteiro adolescente (conhecido na cena por seus grafites de alienígenas), que acaba se apaixonando por um colega, e em um dos meus momentos favoritos da série, acaba indo parar em um "ball" - os bailes que a comunidade drag dava na época (para saber mais, assista o documentário "Paris Is Burning"), e que servem de inspiração até hoje em RuPaul's Drag Race.


Nesta última semana, foi divulgado que The Get Down chegou ao seu fim, logo após o final de sua primeira temporada. O diretor da série, alegou que estava ocupado com outros projetos (não podendo assim se dedicar totalmente à produção), e que a série demandava custos muito altos para ser produzida (a primeira temporada custou cerca de 120 milhões de dólares).
Na minha opinião, este valor poderia até ter sido desconsiderado, caso a série tivesse atingido sucesso, porém não foi o que aconteceu. Eu, particularmente, não conheço alguém que tenha assistido The Get Down, apesar de ser uma série incrível. Os boatos são de que a Netflix está se desdobrando para inventar uma nova temporada de 13 Reasons Why, depois do grande sucesso que esta fez; Porém como The Get Down não teve a mesma audiência, era de se esperar que fosse cancelada...A gente só não esperava que acontecesse tão cedo.

O que me deixa contente (e na verdade eu acho que a própria Netflix já havia dado o ultimato à série quando a segunda parte da primeira temporada foi disponibilizada), é que esta segunda parte foi concluída sem nenhum gancho proposital para próximas temporadas ou próximos acontecimentos, não matando os fãs de curiosidade para sempre. Quem acompanhou a série desde o início apenas ficou desejando saber um pouco mais, mas não ficou com dúvidas sobre o destino das personagens.


Pra finalizar a postagem, eu gostaria de dizer que The Get Down é uma série com um roteiro tão bem escrito que você fica embasbacado com a maioria dos diálogos (e tem vários hinos musicais também, como a música tema da Mylene, Set Me Free); E até dá pra usar os títulos de cada episódio como tatuagem ou frase motivacional pra sua foto mostrando a bunda no Instagram 😂. Exemplos: "Busque aqueles que alimentam a sua chama" e "Levante palavras, não a voz".

You Might Also Like

0 comentários