Game review: Ephemeral - Rota Natsume

00:00


Ephemeral é um otome game disponível para Android e fornecido pela Hunex Co.; Conta a história de uma garota zumbi que consegue a oportunidade única de estudar em uma conceituada escola para criaturas fantásticas.

Logo que ela ingressa na escola, precisa escolher um parceiro de estudos, onde as opções disponíveis são: Shiba (um lobisomem), Nagi (um homem invisível), Ray (um vampiro) e Natsume (uma múmia). Você joga no papel da personagem principal, que possui uma beleza equiparável às sereias (consideradas a casta mais alta da sociedade). Ela precisa enfrentar o julgamento de muitas pessoas que a consideram inferior por pertencer à casta mais baixa da sociedade (os zumbis), enquanto equilibra sua rotina de estudos.


A cada dia em que você acessa o game, você ganha 30 pontos, que podem ser trocados por um capítulo da história. O legal de Ephemeral é que mesmo se na primeira jogada você não tenha atingido a pontuação necessária para conseguir o final feliz, você pode jogar novamente de graça o mesmo capítulo, conseguindo a pontuação que você precisa.


A primeira rota que eu finalizei foi a da múmia Natsume. Eu escolhi ele primeiro porque na minha opinião, ele é o personagem mais bonito, porém Natsume tem o tipo de personalidade sadboy que eu detesto, e eu só fui descobrir isso depois que já tinha o escolhido.
Não quero dar muitos spoilers, porém Natsume no início trata a personagem principal super mal, desprezando-a, porém conforme avançamos na estória, descobrimos que Natsume tem um passado triste e trágico. Natsume é o tipo de personagem que com o tempo passa a se apegar muito à mocinha, tornando-se extremamente violento e obsessivo, e essa foi a única coisa que eu não gostei de jogar na rota dele. Ele tem um comportamento doentio, do tipo que quer ter controle total sobre a vida da mocinha, não deixando-a sair com seus amigos e nem ter uma vida plena e livre, porque ele deseja que ela apenas viva para ele.


Uma coisa que eu gostaria de salientar no game é que a arte é sensacional, tão boa quanto My Dressup Diary. Eu também gostei bastante da trilha sonora.

Atualmente estou iniciando a rota do Ray, o vampiro. E acredite ou não, ele também apresenta uma personalidade muito doentia, desejando logo no primeiro capítulo que a personagem principal seja sua serva e dando-lhe uma mordida.


Um abraço daquela que continua jogando, mesmo com raiva dos personagens! ✌
Até mais!

You Might Also Like

0 comentários